fbpx
coreia do sul, irã, estados unidos, acordo nuclear, sequestro de navio

Irã ataca aliado americano e quebra acordo sobre armamento nuclear



Nesta segunda-feira (04/01) o governo do Irã não apenas violou o acordo nuclear de 2015 que tinha com ONU, União Europeia, Reino Unido, China, Rússia, França e Alemanha, como também sequestrou um petroleiro sul-coreano.

O navio MT Hankuk Chemi foi tomado pela Guarda Revolucionária iraniana, que acusou o petroleiro de estar poluindo o golfo pérsico.

A Coréia do Sul, aliada dos Estados Unidos enviou navios de guerra para a região, em contrapartida. O governo do Irã também se queixou do congelamento dos seus fundos nos bancos sul-coreanos:

“Esperamos que o governo sul-coreano desbloqueie o dinheiro congelado o mais rápido possível”, disse Ali Rabiei em tom de ameaça, nesta terça-feira (05/01).

Quanto ao aumento no grau de enriquecimento de urânio pelo Irã, de 3,67% para fins médicos permitidos pelo acordo firmado em 2015, o país subiu para 20%. Para uso bélico, é necessário pelo menos 90% de enriquecimento de urânio.

Israel posicionou-se firmemente contra esse anúncio.

“Eu apelo à comunidade internacional para não tolerar os atos desafiadores do Irã e ver este passo como uma linha vermelha que requer uma resposta decisiva e imediata. Israel nunca permitirá que o Irã adquira uma arma nuclear”, declarou o chanceler Gabi Ashkenazi.

Sobre o Colunista

Bruna Medeiros Uaqui

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: