fbpx

Itália: letalidade do coranavírus cai em ‘segunda onda’



Ao mesmo tempo, em que o terror mundial da ‘segunda onda’ começa a ganhar força em governos de diversos países da Europa, os dados da letalidade do coronavírus, caíram cerca de 75% na Itália, em relação à primeira crise sanitária.

Em junho deste ano o número das mortes atribuídas à Covid-19 representavam 14,5% do total de casos confirmados do vírus Sars-CoV-2, quando o país acabava de voltar de rígidos períodos de lockdown, no entanto, com o progresso nos tratamentos a taxa de letalidade da doença chegou a 3,8% nos últimos dias.

Este índice vem apresentando queda desde o fim de junho, reflexo do uso de medicamentos, que têm se mostrado eficaz e testagens moleculares feitas de maneira precoce.

Durante a primeira crise sanitária, as autoridades italianas concentraram as testagens somente em pacientes que já estavam internados, com a mudança o país já registrou um recorde de 254.908 testes RT-PCR concluídos em um período de 24 horas.

A estratégia de aumento de testagem foi usada pelo governo Trump, nos Estados Unidos, o que resultou em diminuição nos números de internações, conforme informações divulgadas pelo presidente em setembro deste ano.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: