fbpx

Justiça alemã resolve suspender temporariamente vigilância sobre partido de direita



Após a agência de inteligência da Alemanha decidir perseguir o partido de direita AfD (Alternativa para a Alemanha), um tribunal alemão resolveu suspender temporariamente a vigilância sobre o partido conservador.

A agência alemã estaria monitorando o partido por ele estar supostamente propagando o “extremismo de extrema-direita e o terrorismo de extrema-direita”, além de ser considerado “o maior perigo para a democracia na Alemanha”.

Dentre as medidas que aparentemente foram suspensas, encontram-se o monitoramento de ligações telefônicas e movimentos de membros da legenda de direita.

O tribunal estadual em Colônia afirmou que o partido não pode ser declarado ainda como um caso de suspeita de extremismo.

Uma declaração oficial somente poderia acontecer depois que os juízes decidissem sobre um pedido de emergência feito pelo partido. Nesse pedido, a legenda alega que os serviços de inteligência violaram a ordem judicial de não tornar públicas as investigações. O tribunal alemão atendeu ao pedido.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: