fbpx

Justiça censura quem criticou Doria em rede social



A juíza Gabriela Marques da Silva Bertoli determinou neste sábado, 10, que o Twitter suspenda quatro perfis apontados como responsáveis por “ataques” ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Doria entrou na sexta-feira com uma representação cobrando a derrubada das contas depois que #DoriaCorrupto apareceu entre os assuntos mais comentados pelos usuários no Twitter.

“No caso, há evidências de que os perfis apontados estão sendo utilizados precipuamente para propagação de mensagens ofensivas à honra da vítima”, escreveu a juíza de plantão, de acordo com UOL.

“Foram ultrapassados os limites da liberdade de expressão, diante do ânimo expresso de caluniar e difamar”, diz outro trecho da decisão. Além da hashtag, segundo o pedido de Doria, usuários teriam dito que o governador tentou comprar a aprovação do projeto de lei que prevê a extinção de autarquias estaduais como estratégia para reduzir gastos na pandemia de covid-19.

O assunto é tema do Boletim da Manhã desta segunda-feira (12):

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...