fbpx

Justiça de SP suspende divulgação de pesquisa Datafolha a pedido de Celso Russomanno



Nesta terça-feira (10/11), a Justiça Eleitoral de São Paulo suspendeu a divulgação de uma pesquisa do Datafolha sobre a eleição para a prefeitura de São Paulo a pedido do candidato Celso Russomanno. Segundo a campanha de Russomanno, o levantamento feito pelo Datafolha estaria “em desacordo com a legislação e a jurisprudência eleitoral”.

A campanha de Russomanno alega que a pesquisa deve ser suspensa porque “não há ponderação dos entrevistados quanto ao nível econômico” e “assinatura ou certificação digital do estatístico responsável pela pesquisa”.

Além disso, a campanha cita “irregular fusão de estratos quanto ao grau de instrução dos entrevistados – como somar nível fundamental e nível médio” e “simulação tendenciosa de segundo turno diante da ausência de simulações sem a presença do candidato a reeleição Bruno Covas”.

A solicitação de Russomanno foi acatada pelo juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo.

A coleta da pesquisa, encomendada pelo jornal “Folha de S.Paulo” e pela TV Globo, seria realizada entre os dias 9 e 10 de novembro e a sua divulgação estava prevista para esta quarta-feira (11/10). O Datafolha afirma que irá recorrer da decisão liminar.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...