fbpx

Justiça determina que Odebrecht, Corinthians e ex-presidente da CEF devolvam R$ 400 milhões a banco



De acordo com a decisão da juíza federal Maria Isabel Pezzi Klein, da 3ª Vara Federal de Porto Alegre, a construtora Odebrecht, o Corinthians, o ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) e a Sociedade de Propósito Específico Arena Itaquera S/A terão que devolver R$ 400 milhões ao banco estatal.

Cabe recurso.

A ação é movida pelo advogado Antônio Pani Beiriz desde 2013. Ele questiona a legalidade do financiamento da Arena. Segundo a ação, o negócio foi lesivo ao patrimônio público e tomada por influência política, sem ter exigências sólidas de garantia de pagamento.

Na decisão, a juíza aponta irregularidades no financiamento e no empréstimo. A magistrada comentou ainda o papel do BNDES e da CEF enquanto instituições responsáveis pelo gerenciamento de verbas públicas e valores destinados a políticas sociais.

As heranças do petismo…

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: