fbpx

Legisladores de NY suspendem autoridade de governador em relação à pandemia



Legisladores da Assembleia e do Senado de Nova York fecharam um acordo nesta terça-feira (2) para retirar do governador democrata Andrew Cuomo sua autoridade executiva em relação à implantação de medidas ligadas à pandemia do vírus chinês.

De acordo com as informações da NBC New York, o acordo irá reverter os poderes “emergenciais” concedidos a Cuomo há exatamente um ano, nos primeiros dias da pandemia da Covid-19, que lhe deu rédea solta para ordenar medidas como quarentenas.

Ainda de acordo com a NBC, embora o acordo ainda deixe para Cuomo a autoridade para estender algumas medidas já existentes. Mesmo assim, ele terá de notificar vários líderes legislativos e aceitar comentários públicos a favor ou contra suas ações. Os legisladores também terão o poder de revogar uma declaração governamental do estado de emergência.

O acordo ocorre em meio aos apelos para que Cuomo renuncie, enquanto o governador enfrenta três escândalos — acusações de assédio sexual por pelo menos três mulheres jovens, acusações de abuso verbal por legisladores e acusações de má gestão no tratamento da pandemia em lares de idosos.

Como noticiou o Terça Livre, recentemente o governo de Nova Iorque admitiu a omissão dos dados de Covid-19 durante uma videoconferência com líderes democratas estaduais.

A assessoria do governador pediu desculpas aos legisladores democratas após o governo encobrir o verdadeiro número de mortes em lares de idosos pela covid-19.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: