fbpx

Lei obriga bancos e comércios do Rio a medir temperatura dos clientes



Uma lei que obriga bancos e comércios a medirem a temperatura dos clientes no Rio de Janeiro foi sancionada na última sexta-feira (2), conforme consta no Diário Oficial do Estado.

A medição da temperatura de clientes com termômetro digital, o uso de máscara e o fornecimento de álcool em gel será obrigatório nos comércios e bancos autorizados a funcionar durante a pandemia do vírus chinês.

A Lei 9.034/20, que foi sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, determina  que clientes sem máscara ou com temperatura acima de 37,5 °C deverão ser impedidos de entrar e funcionários, afastados do trabalho. Eles serão orientados a procurar o serviço médico.

Os estabelecimentos terão que fornecer equipamentos aos funcionários, além de pendurar um cartaz informando sobre a medida. No caso de shopping centers, a medição de temperatura deverá ocorrer apenas na entrada, desobrigando as lojas do interior de repetirem o procedimento.

O descumprimento poderá acarretar advertência para adequação em até 24 horas, suspensão do serviço, interdição do estabelecimento e multa diária de R$ 3.555,00 (mil UFIR-RJ). As multas serão destinadas ao Fundo Estadual de Saúde (FES) e aplicadas no combate à pandemia de covid-19.

Com informações a Alerj

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: