fbpx

Lula pede desculpas a familiares de vítimas de Cesare Battisti mas é ironizado

Agência Brasil


Após um pedido de desculpa do ex-presidente Lula aos familiares das vítimas do terrorista Cesare Battisti, o filho de um dos alvos ironizou o comentário do petista,  e afirmou a uma agência de notícias que  “ melhor tarde do que nunca, mas são inúteis.”

Ao ser entrevistado pelo canal do jornalista Fabio Pannunzio no YouTube, Lula relatou que que foi induzido ao “erro” por outro petista, o então ministro da Justiça Tarso Genro.

“O Tarso Genro tomou a decisão porque achava que ele era inocente. O Tarso Genro me disse o seguinte: ‘não dá para mandar ele embora porque ele pode ser detonado na Itália e ele é inocente’”, disse Lula.

Lula também informou que o seu aliado não foi o único a pedir pela não extradição de Cesare Battisti. “Toda a esquerda brasileira, todo mundo [da esquerda] defendia que o Battisti ficasse aqui”, complementou.

O terrorista foi condenado pela Justiça italiana a prisão perpétua por envolvimento em quatro assassinatos.

Para favorecer o “camarada”, Lula tomou a decisão em favor do terrorista em seu último dia de mandato como presidente, 31 de dezembro de 2010, sendo assim o responsável por deixar Cesare Battisti viver anos no Brasil como cidadão comum e inocente.

Desculpas “inúteis” só servem para virar notícia

Alberto Torregiani, filho de uma das vítimas, ironizou a postura adotada pelo ex-presidente.

“As desculpas de Lula? Melhor tarde do que nunca, mas são inúteis. Quero ver o que diz quem havia apoiado a sua decisão. Por que falar isso hoje? Para ser notícia? Deve ter suas motivações”, disse Torregiani em entrevista à agência de notícias Ansa.

“Fico atônito, mas volta-se a esse caso ciclicamente. Se não se fala nada sobre Battisti em três meses, começo a me preocupar. No entanto, não fazemos nada com as suas desculpas”, relatou.

O homem é filho de um joalheiro assassinado pelo terrorista, que confessou seus crimes ao voltar à Itália em 2018, quando o então presidente Michel Temer decidiu por sua extradição.

O assunto foi comentado no Boletim da Noite desta sexta-feira (21)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...