fbpx

Marco Aurélio envia à PGR notícia-crime contra Bolsonaro, a pedido do PDT



O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio, enviou à Procuradoria-Geral da República, nesta quinta-feira (04) um notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro.

A documentação do instrumento processual foi protocolada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), motivado por uma matéria do portal Metrópoles, que acusava o governo de retirar R$ 1,8 bilhão dos cofres públicos para arcar com despesas de “supermercado”.

Como cabe ao procurador-geral da República a adoção de medidas e investigação relativas ao presidente, a notícia-crime foi repassada pelo ministro Marco Aurélio a Augusto Aras, como procedimento de praxe.

“Os referidos gastos são desproporcionais à natureza dos produtos e à quantidade de pessoas que porventura os consumiriam”, argumentou o PDT ao divulgar o ato do ministro do STF.

O Terça Livre já noticiou que o valor dito pelo jornal, na realidade, refere-se ao gasto anual de todos os órgãos do Governo Federal, e não aos gastos da Presidência da República.

Segundo o partido de Ciro Gomes, opositor de Bolsonaro, é preciso verificar “a ocorrência de superfaturamento ou condutas corruptivas na compra de produtos alimentícios supérfluos”.

No entendimento do PDT, o caso pode incorrer em delito de peculato, “uma vez que há fartos indícios de que o presidente da República teria desviado recursos públicos, em benefício próprio ou alheio, com a aquisição desmedida de itens como leite condensado, iogurte natural, refrigerantes e chicletes, sem a demonstração da necessidade das compras, valor 20% superior ao gasto do ano anterior.”

“Ao direcionar e permitir gastos exorbitantes com esses itens alimentícios, em vez de destinar as quantias ao combate e à prevenção à Covid-19, Bolsonaro também cometeu o delito de prevaricação”, afirmou o Partido.

LEIA O PEDIDO NA ÍNTEGRA.

QUEREM NOS CALAR! Não perca contato com o Terça Livre. Acesse: tercalivre.com.br/juntos.

O Boletim da Manhã desta quinta-feira (04) foi transmitido em nosso perfil no Instagram. Pela delimitação de tempo de transmissão na plataforma, precisamos dividir a programação em duas lives. Assista:
Primeiro Bloco / Segundo Bloco.

Sobre o Colunista

Bruna Lima

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: