fbpx

‘Me força a receber injeções, mesmo que eu esteja planejando engravidar’, diz chinesa sobre vacinação forçada



O Partido Comunista da China (PCCh) tem forçado a vacinação obrigatória contra a Covid-19 no país, declarou uma cidadã por meio da rede social Weibo, no último dia 31 de março.

“Estou realmente irritada porque meu empregador me força a receber injeções, mesmo que eu esteja planejando engravidar. [Eles] nunca consideram o possível impacto sobre o feto”, disse a cidadã chinesa.

Outra usuária da mesma rede social disse em 30 de março que ela teve urticária duas vezes, indicando que sofre de alergias, mas seu empregador ainda a pressionava todos os dias para se vacinar.

Diversos cidadãos chineses, nos últimos meses, têm se queixado sobre a vacinação obrigatória e sua real eficácia contra o vírus chinês.

“É verdade em toda a cidade de Sanya. É obrigatório”, disse um varejista com o sobrenome Liu, no Mercado Honggang, da cidade de Sanya, província de Hainan. “Ninguém quer isso. Ninguém pode dizer que impacto isso terá em nossa saúde”, acrescentou.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: