fbpx

Média de mortes por Covid-19 cai durante a Copa América



 

Após a esquerda tentar barrar a todo custo a realização da Copa América no Brasil, alegando um suposto agravamento da pandemia, a média de mortes pelo vírus chinês no país despencou nas últimas semanas. Entre os dias 10 de junho e 10 de julho, período em que foi realizada a Copa América, houve uma queda de 35,7% na média de mortes. Já a média do número de infectados caiu 24,6% no período. O levantamento considera a média móvel em sete dias, calculada com dados oficiais do Ministério da Saúde. 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, declarou nessa quarta-feira (14) que a realização do evento no Brasil foi um sucesso, respeitando todos os protocolos preventivos contra o vírus chinês. Queiroga disse ainda que os resultados provam ser possível a reabertura de atividades no país, em especial o retorno dos estudantes às salas de aula.

O jornalista Max Cardoso, durante o Boletim da Noite de quarta-feira (14), lamentou o atraso do Brasil na reabertura das escolas, devido às narrativas da velha mídia e de opositores políticos.

“Entre o G20, o Brasil é o único que não voltou às aulas nenhum dia desde que começou a pandemia. Eu lembrou que o ministro da Educação disse que ‘passou vergonha’ no G20, porque o Brasil até hoje continua impedindo a educação das crianças”, afirmou o jornalista.

Assista aos comentários da notícia:

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: