fbpx

Mesmo afastado, Witzel recebeu salário integral e agora ganha reajuste



Afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro há cinco meses, Wilson Witzel (PSC) recebeu aumento de 11% no seu salário.

Por determinação do Tribunal Misto que julga o processo de impeachment, Witzel deveria ter redução de um terço de seus vencimentos desde novembro.

O benefício foi concedido a partir de uma decisão do governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), que reajustou o próprio salário e o do secretariado.

A assessoria de Castro informou que o aumento está previsto em Lei. “O Estado está aplicando a lei 6939, aprovada em 2014, que prevê os novos valores”.

Despejado do Palácio das Laranjeiras, o governador não teve redução salarial, mesmo com publicação no Diário Oficial.

O salário bruto de novembro, R$ 19.681,00, é o mesmo que Witzel ganhava quando ainda estava no cargo.

Se fosse cortado em um terço, o valor bruto cairia para R$ 13.186,50. A remuneração de dezembro já está na folha, mas ainda não foi depositada, de acordo com o G1.

Com o aumento de 11%, o valor bruto do salário do governador afastado será de quase R$ 22 mil. Na conta de Witzel, o estado vai depositar cerca de R$ 16,3 mil.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: