fbpx

Michigan: Powell alega ‘fraude de computador por Dominion’ e ‘conduta ilegal’ de trabalhadores eleitorais



Na noite da última quarta-feira (25/11), a advogada americana Sidney Powell entrou com uma ação judicial, onde busca anular os resultados da eleição em Michigan. Powell alega “fraude de computador por Dominion” e “conduta ilegal” por trabalhadores eleitorais.

Powell afirma que “centenas de milhares de cédulas ilegais, inelegíveis, duplicadas ou puramente fictícias” foram computadas por trabalhadores eleitorais apoiadores de Biden.

A queixa de 75 páginas (pdf) apresentada em Michigan alega “fraude eleitoral massiva” em todo o estado, em violação do Código Eleitoral de Michigan e da Constituição dos Estados Unidos.

“O esquema e o artifício para fraudar tinham o propósito de manipular ilegal e fraudulentamente a contagem dos votos para fabricar uma eleição de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos”, alega o processo. Ele acrescenta que a fraude foi cometida de várias maneiras, mas a “manobra mais perturbadora, insidiosa e flagrante” envolveu “adaptação sistêmica do antiquado ‘enchimento de votos'”.

O processo alega que o software e hardware eleitoral da Dominion Voting Systems usados ​​pelo Conselho de Canvassers do Estado de Michigan ajudou a facilitar a fraude.

“Os sistemas Dominion derivam do software desenvolvido pela Smartmatic Corporation, que se tornou o Sequoia nos Estados Unidos”, diz a ação judicial.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: