fbpx

Mike Pence aceita objeções aos votos do Arizona

Reprodução NTD


O Congresso dos Estados Unidos se reúne nesta quarta-feira (6) para certificar os votos do Colégio Eleitoral.

Enquanto o vice-presidente Mike Pence presidia a sessão, mais de 60 representantes republicanos da Câmara liderados por Paul Gosar e o senador  Ted Cruz objetaram os 11 votos do colégio eleitoral do Arizona.

Pence, que também é presidente do Senado, acatou o pedido e interrompeu imediatamente a contagem para que a Casa e o Senado debatam. “A objeção está em conformidade com a lei”, afirmou, de acordo com a Epoch Times.

O senador Roger Marshall disse que participaria da objeção eleitoral do Arizona. Marshall também disse que fará objeções aos votos eleitorais na Geórgia e na Pensilvânia, de acordo com a CNN. “Isso está absolutamente correto”, disse ele à rede sobre a objeção a esses três estados.

Gosar e Cruz foram aplaudidos de pé pelo que pareciam ser membros do partido Republicano.

De acordo com Paulo Figueiredo, comentarista do programa Radar da Mídia do Terça Livre, cada objeção (por estado) terá duas horas de discussão. É possível que a discussão não termine hoje.

“Infelizmente, o prognóstico de que as objeções sejam aprovadas é extremamente improvável”, assinalou Figueiredo.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: