fbpx

Ministro da Educação conclama retorno de aulas presenciais



 

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão nesta terça-feira (20) convocando os estudantes brasileiros a voltarem a estudar presencialmente. Ribeiro destacou ainda a “necessidade urgente” do retorno das aulas presenciais no Brasil, como já aconteceu em outros países.

“O Brasil não pode continuar com as escolas fechadas, gerando impactos negativos nesta e nas futuras gerações. Não devemos privar nossos filhos do aprendizado necessário para a formação acadêmica e profissional deles”, apontou o ministro, que classificou as consequências das escolas fechadas como “devastadoras”.

“Estudos da Unesco, da Unicef e da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico apontam que o fechamento de escolas traz consequências devastadoras, como a perda de aprendizagem, do progresso do conhecimento, da qualificação para o trabalho e o aumento do abandono escolar. Sem falarmos das implicações emocionais”, ressaltou Ribeiro.

Segundo Milton Ribeiro, o MEC já teria determinado o retorno das aulas presenciais, porém, devido ao juízo do Supremo Tribunal Federal (STF) emitido ainda no ano passado sobre as medidas na pandemia, a decisão de fechamento das escolas fica a cargo dos estados e municípios.

“Quero deixar claro que, no Brasil, a decisão de fechamento e reabertura das escolas foi delegada a estados e municípios, não tendo o governo federal o poder de decisão sobre o tema. O MEC não pode determinar o retorno presencial das aulas. Caso contrário eu já teria determinado. Mas não retorno a qualquer preço, que isso fique bem claro. Fornecemos protocolos de biossegurança sanitários a todas as escolas”, afirmou Ribeiro.

Ainda segundo Milton Ribeiro, apesar de importante, a vacinação de toda a comunidade escolar não será uma condicionante para a reabertura das escolas. 

“A vacinação é importante e eu, pessoalmente, solicitei ao ministro da Saúde a priorização de todos os profissionais da educação, os quais já estão sendo vacinados. Entretanto, a vacinação de toda a comunidade escolar não pode ser condição para a reabertura das escolas”, disse.

“Caros pais, estudantes e profissionais da educação não podemos mais adiar este momento. O retorno às aulas presenciais é uma necessidade urgente”, acrescentou o ministro.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: