fbpx

Ministro das Relações Exteriores diz que pretende ampliar relações com China

Reprodução


O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, disse que o Brasil pretende ampliar e diversificar as relações econômicas e comerciais com o Partido Comunista da China (PCCh). A declaração foi dada durante uma audiência na Comissão de Relações Exteriores do Senado, na última quinta-feira (6).

“Queremos um relacionamento econômico e comercial maior e mais diversificado com a China. Nossas exportações, ainda concentradas em poucos produtos primários, poderão expandir-se em quantidade e em variedade”, informou o ministro.

Carlos França também declarou que a China é atualmente um dos países que possui a maior prioridade pelo Brasil e que, além de ser o maior parceiro comercial, é um dos cinco maiores investidores estrangeiros.

A declaração do chanceler ocorreu após a senadora Kátia Abreu (PP-TO), presidente da Comissão de Relações Exteriores, alegar estar preocupada com a possibilidade de as relações entre os dois países serem “vetadas, atrapalhadas ou impedidas”.

Carlos França assumiu o lugar do ex-chanceler Ernesto Araújo. Ao deixar o Ministério, Araújo denunciou um “lobby do 5G” e relatou ter sido pressionado sobre o tema pela senadora Kátia Abreu. 

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: