fbpx

Moraes insiste, prorroga inquérito e dá 5 dias para PGR opinar sobre depoimento de Bolsonaro

alexandre de moraes moro inquérito PF


Um dia após Bolsonaro negar prestar depoimento sobre “suposta interferência na Polícia Federal”, o ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou nesta sexta-feira (27/11), o inquérito que apura a denúncia do ex-ministro da justiça, Sérgio Moro.

No despacho, Moraes determina que a investigação será prorrogada por 60 dias e dá 5 dias para que a Procuradoria Geral da República (PGR) se manifeste sobre a necessidade de depoimento de Bolsonaro.

O depoimento de Jair Bolsonaro seria uma das últimas ações da Policia Federal (PF) no caso. O presidente afirma não ter tentando interferir na instituição.

Na quinta-feira (26/11), o ministro aposentado, Celso de Mello, afirmou que Bolsonaro tem a liberdade de não depor presencialmente.

A “Constituição da República garante às pessoas em geral, em igualdade de condições (e não só ao Presidente da República), o direito ao silêncio, o direito de não produzir prova contra si mesmo, o direito de não comparecer ao ato de seu interrogatório e o direito de não sofrer condução coercitiva”, afirmou Mello.

Conforme o Terça Livre noticiou, Bolsonaro informou ao STF por uma petição enviada pela Advocacia-Geral da União (AGU), que não irá prestar depoimento à PF.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Esse Ministro, Alexandre de Moraes, só quer encher o saco. Ele sabe que o presidente tem esse direito de não prestar o depoimento presencialmente. Aliás, todos os depoimentos que comprovariam ou não a suposta interferência do PR na PF já fora prestados. A fala do PR nos autos só corroborariam com o que tanto ele quanto o Diretor da PF e Superintendente da PF no RJ já falaram, ou seja, que NÃO HOUVE interferência no sentido que eles queriam, mas sim, tentativa de mudança de algumas superintendências, o que é normal para o gestor maior (PR).

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: