fbpx

Mourão ganha apoio da grande mídia

Bolsonaro, Mourão, política, MRE, Ernesto Araújo, ministros


Após o presidente Jair Bolsonaro ter contraído o coronavírus, o vice-presidente, Hamilton Mourão, vem ganhando notoriedade na grande mídia. Suas ações têm sido defendidas abertamente pela imprensa, sem receber uma crítica. O fato inusitado é que o mesmo posicionamento da imprensa não acontece com o presidente Jair Bolsonaro.

O presidente está isolado no Palácio da Alvorada nesses últimos dias, pelo fato de ter contraído o coronavírus. Por conta disso, Mourão está tendo mais pronunciamentos ao público, o que é uma movimentação natural de acontecer. Contudo, a grande mídia vem repercutindo tudo o que o vice-presidente fala, mas sem nenhuma crítica.

No ano passado, quando o plano para derrubar o Bolsonaro ainda era o impeachment pelo Congresso, a grande mídia fez a mesma coisa: reproduzia tudo o que o Mourão falava, sem criticar, e o que o Bolsonaro fazia, a imprensa escondia ou procurava um meio de criticar.

Na quarta-feira (15/7), a imprensa noticiou Hamilton Mourão dizendo que o Estado brasileiro está comprometido com a promoção de atividades produtivas sustentáveis na região Amazônica.  “A sustentabilidade tornou-se elemento essencial do pacto geracional no século XXI”, afirmou o vice-presidente.

Questionado sobre as restrições orçamentárias que dificultariam a realização de novos concursos públicos, Mourão comentou que alternativas já estão sendo discutidas com a equipe econômica – bem como a proposta de separar, no Orçamento, os recursos destinados à preservação da Amazônia dos usados para proteger o meio ambiente em outros biomas.

“Estes assuntos foram colocados para o ministro [da Economia, Paulo Guedes]. O Ministério do Meio Ambiente e demais [da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e da Justiça e Segurança Pública, aos quais estão vinculados o Incra e a Funai] vão produzir um estudo a este respeito e isto terá que ser estudado junto com o Ministério da Economia. Óbvio que só temos uma linha de ação, que é solicitar a abertura de concurso para podermos contratar mais gente”, destacou Mourão antes de classificar como positiva a reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou da cúpula ministerial virtual sobre inclusão social da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) na segunda-feira (13/7), onde  afirmou que “temos a Amazônia, minerais, capacidade de produção agrícola e temos a matriz energética mais limpa do mundo. Ninguém preservou tanto a sua matriz energética ou sua própria riqueza em recursos naturais como o Brasil”.

O ministro disse ainda que há um compromisso do atual governo de manter a soberania sobre a região da Amazônia. “Temos o compromisso com o nosso povo, o compromisso do nosso presidente [Jair Bolsonaro] durante a sua campanha presidencial, de ter soberania sobre a nossa região amazônica. Nós queremos ajuda, mas não aceitamos falsas narrativas sobre o que aconteceu no Brasil nas últimas décadas”, afirmou.

Essa notícia foi o tema do boletim da manhã de quarta-feira (15/7), assista:

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: