fbpx

MPF envia à CPI da Covid gastos de Renan Filho em Alagoas



A pedido do senador Ciro Nogueira (PP/PI), o Ministério Público Federal (MP) enviou à CPI da Covid na última semana os gastos do governador Renan Filho (MDB/AL) durante a pandemia.

Ciro Nogueira havia protocolado requerimento pedindo que a Comissão investigasse os gastos de todos os estados brasileiros, do Distrito Federal e de municípios com mais de 200 mil pessoas.

Em resposta, a procuradora da República em Alagoas, Niedja Gorete, apresentou à comissão os resultados obtidos até o momento na investigação do MPF. O procedimento administrativo de acompanhamento de políticas pública foi instaurado em junho de 2020 pelo Ministério Público.

O assunto foi tema de comentários durante o Boletim da Manhã desta terça-feira (11).

“Qual a chance de Renan Calheiros Filho ser chamado para depor nessa CPI da Covid tendo como relator o pai dele, Renan Calheiros? O senador é suspeito por dois motivos: primeiro, por ser Renan Calheiros, o que já é motivo suficiente. Como se já não bastasse, ele ainda é pai de Renan Calheiros Filho, governador do Alagoas, agora um dos suspeitos de irregularidades no repasse da fortuna multibilionária destinada aos estados para o que rigorosamente não fizeram, combater a Covid-19”, disse o analista político e fundador do Terça Livre, Italo Lorenzon.

Veja a íntegra do comentário

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: