fbpx

Mulher baleada no Capitólio era veterana da Força Aérea

reprodução redes sociais


Quatro pessoas morreram durante protesto no Capitólio ocorrido na tarde desta quarta-feira (7). A informação foi confirmada pelo departamento de polícia de Washington.

Uma das vítimas foi identificada como Ashli ​​Babbitt. Ela tinha de 35 anos, era veterana da Força Aérea da Califórnia e apoiadora de Donald Trump.

Nas redes sociais, o vídeo que mostra o exato momento em que Babbitt leva um tiro viralizou.

Nesta quinta-feira (7), um novo vídeo mostra que Babbitt foi morta à queima-roupa.

O marido de Babbitt disse a uma TV americana que ela cumpriu quatro missões durante seus 14 anos de serviço militar e morava perto de San Diego.

Um dia antes de ser baleada, Babbitt escreveu no Twitter: “Nada vai nos impedir… eles podem tentar e tentar e tentar”.

Ainda não está claro quem atirou na mulher, mas de acordo com a Epoch Times, ela teria sido morta pela Polícia do Capitólio.

O assunto foi comentado no Boletim da Manhã:

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: