fbpx

Número de civis com armas aumentou nos últimos anos



 

O número de cidadãos que têm o direito de ter uma arma de fogo dobrou nos últimos três anos no Brasil. Os dados foram divulgados nessa quinta-feira (15) no Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Em 2017, segundo a Polícia Federal, o Sistema Nacional de Armas contabilizava quase 638 mil registros de armas ativos.

Já no final de 2020, o número subiu para 1.279.491 armas registradas. O aumento é de mais de 100%.

O número de pessoas físicas que pediram registros para atuarem como caçadores, atiradores desportivos e colecionadores – os chamados CACs – também aumentou.

Segundo os dados, houve também aumento no número de arsenal.

“Não existe polícia onipresente. É fator inibidor da violência [ter cidadãos armados], ao contrário do que se diz. Porque o bandido não vai se sentir à vontade indo atacar uma casa, uma pessoa que eventualmente possa estar armada. São armas legalizadas, registradas. Isso gera emprego, movimentação”, afirmou o analista político Carlos Dias no Boletim da Noite de quinta-feira (15).

Assista aos comentários da notícia

Sobre o Colunista

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: