fbpx

Nunes Marques diz que voto auditável é ‘preocupação legítima’



 

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgou na última segunda-feira (2) uma nota em que defende as discussões do voto impresso auditável. Nunes Marques apontou a discussão como uma “preocupação legítima do povo brasileiro”.

“O Ministro Nunes Marques reconhece que o debate acerca do voto impresso auditável se insere no contexto nacional como uma preocupação legítima do povo brasileiro e que Sua Excelência, na condição de Juiz, respeitará a expressão da vontade popular a ser externada pelo Congresso Nacional, foro adequado para tais debates, seja mantendo ou alterando a sistemática de votação e apuração de votos, nos termos da Constituição”, diz a nota.

O magistrado também declarou que não foi consultado a respeito da nota contra a proposta do voto impresso auditável divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A PEC a favor do voto impresso auditável visa proporcionar uma maior clareza no processo eleitoral brasileiro.

“Em atenção a questionamentos, o Ministro Nunes Marques esclarece, a respeito da nota pública do Tribunal Superior Eleitoral, o seguinte: o Ministro Nunes Marques não foi consultado previamente em nenhum momento a fim de que pudesse concordar, ou não, com o teor da nota publicada pelo TSE, esclarecendo, por oportuno, que não compõe e ainda não chegou a compor essa Corte Superior”, afirma o comunicado.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: