fbpx

OMS propõe plano de vacinação e requisitos técnicos para certificação digital

Tânia Rêgo/Agência Brasil


 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) elaborou um documento em que dá instruções aos países sobre como proceder com a implementação dos passaportes de vacinação.

“Este é um documento de orientação para países e parceiros de implementação sobre os requisitos técnicos para o desenvolvimento de sistemas de informação digital para a emissão de certificados digitais interoperáveis ​​baseados em padrões para o status de vacinação Covid-19 e considerações para a implementação de tais sistemas, para fins de continuidade de cuidados, e comprovante de vacinação”, conclui a pequena introdução ao documento, que pode ser baixado aqui.

Ainda de acordo com a publicação, a OMS orienta uma série de requisitos mínimos para implantação, como dados pessoais (nome, documentos do país,, nascimento), de sexo e do próprio imunizante (data de validade, fabricante, princípio ativo), dentre outras coisas.

No Brasil, cidades como Rio de Janeiro e São Paulo já aderiram em algum nível a um sistema de controle vacinal, mesmo que não similar ao da OMS.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: