fbpx

Papa Francisco visita cristãos no Iraque



O Papa Francisco, autoridade máxima da Igreja Católica Apostólica Romana, chegou nesta sexta-feira (05) ao aeroporto internacional de Bagdá, dando início a sua 33ª Jornada Apostólica ao exterior e a primeira visita papal ao Iraque.

De acordo com o Vaticano, o Papa foi recebido por autoridades religiosas e políticas do país, “bem como um grupo de cidadãos iraquianos e duas crianças com um ramo de flores para o Santo Padre.”

Antes de embarcar para o país de maioria muçulmana o Sumo Pontífice teve um breve encontro com alguns refugiados iraquianos que vivem na Itália.

A comitiva do Vaticano passará quatro dias no país, o Papa declarou que a viagem seria de “um peregrino em busca da paz, da fraternidade e da reconciliação.”

No primeiro discurso de sua 33 ª visita estrangeira fora da Itália, o Santo Padre declarou que o Iraque pode superar suas crises com a “construção de uma sociedade baseada na união fraterna, na solidariedade e na concórdia por meio de atos concretos de atenção e serviço, especialmente para os mais vulneráveis ​​e necessitados.”

Os cristãos fazem parte de uma minoria no país, cerca de 1,5 % da população.

“A presença milenar dos cristãos nesta terra e as suas contribuições para a vida da nação constituem uma rica herança que pretendem continuar a colocar ao serviço de todos”, disse o Papa durante o discurso à autoridades locais do Iraque.

Ao tratar sobre as crises de guerras o Pontífice lembrou que a comunidade internacional tem o dever de promover a paz no Iraque e em todo o Oriente Médio.

Sobre os ataques religiosos e extremista no território, o Papa afirmou que “a religião, por sua própria natureza, deve estar a serviço da paz e da fraternidade”, conforme noticiou o Vaticano News.

“Portanto, o nome de Deus não pode ser usado “para justificar atos de assassinato, exílio, terrorismo e opressão”, completou.

Neste primeiro dia de visita, o Papa Francisco iria se encontrar com o primeiro-ministro Mustafa al-Kadhimi, o presidente do Iraque, Barham Salih, autoridades, sociedade civil e corpo diplomático e finalizará o dia com um encontro com bispos, padres, religiosos, seminaristas e catequistas, na catedral siro-católica Nossa Senhora da Salvação.

Com informações: Vaticano News.

Papa Francisco e o presidente do Iraque, Barham Salih.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: