fbpx

Para a OMS, aborto é ‘essencial’ durante a pandemia do vírus chinês



De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o aborto é considerado um serviço essencial durante a pandemia do vírus chinês.

A afirmação foi dada em entrevista ao Daily Caller News. “Os serviços relacionados à saúde reprodutiva são considerados parte dos serviços essenciais durante o surto de COVID-19”, disse a OMS.

“As escolhas e os direitos das mulheres aos cuidados de saúde sexual e reprodutiva devem ser respeitados, independentemente de ela ter ou não uma suspeita ou confirmação de infecção por COVID-19″, disse a OMS no comunicado. 

A declaração também dizia que “os serviços de saúde sexual e reprodutiva são parte integrante da cobertura universal de saúde e da conquista do direito à saúde”.

“Isso inclui métodos contraceptivos, cuidados de saúde de qualidade durante e após a gravidez e o parto e aborto seguro em toda a extensão da lei”, acrescentou a organização, observando que o órgão fornece tecnologia global e orientações políticas aos membros sobre o uso de contracepção para evitar gravidez não intencional, aborto “seguro” e tratamento de complicações decorrentes de “aborto inseguro”.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Esposa, jornalista, tupãense e católica. 23 anos.

11 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Talvez o sr. Tedros Adhanom esteja se referindo ao que deveria ser dele, à época em que ainda estava no útero!

    Misericórdia…

  • A verdade é que essas organizações ONU, OMS, VATICANO, COMUNISTAS,AIATOLÁS ,mentem para a humanidade! Só a igreja católica matou em nome de Deus, mais de 68 milhões de pessoas no mundo todo até hoje! Os comunistas mataram milhões também! É tudo pelo poder, ganância, mas se esquecem de que estão sendo filmados e não escaparão à Ira de Deus!

  • E este verme teve a oportunidade da vida!E ainda nos faz pecar por pensamentos baixos!
    Com certeza este não nasceu, foi um verdadeiro aborto da natureza.

  • O aborto mata mais que a Influenza e o covid-19 juntos. Serviço essencial é a puta que pariu (desculpem!). É a cultura da morte diante dos nossos olhos. Não abortem em nenhuma circunstancia! Deus dá a vida e apenas ele pode tirar, não quer ter filhos, não os faça. Quem mata é assassino, aborto é assassinato. Não matem seus filhos! Nunca!

  • Toda a espécie de aberração é permitida se escondendo atrás do Convid-19. Será que os responsáveis pela OMS aceitam serem desmembrados ou cozinhados em águá salgada, ou serem sugados por um pequeno e fino cano, conforme os métodos utilizados por abortos? Claro que não, pois a agonia do outro, aqui no caso, dos fetos, não tem a mínima importância, isso é simplesmente demoníaco.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: