fbpx

Para marcar fim da pandemia, Nova York planeja megashow para 60 mil pessoas



Após mais de um ano de pandemia, a cidade de Nova York, nos Estados Unidos, planeja megashow para 60 mil pessoas. Segundo a informação divulgada pelo The New York Times nessa segunda-feira (7), o show está previsto para o dia 21 de agosto.

Alegando buscar um grande marco na revitalização de Nova York, também conhecida como a “cidade que nunca dorme”, o prefeito Bill de Blasio está planejando uma grande apresentação, planejada por Clive Davis, um proeminente produtor de 89 anos da indústria musical.

A apresentação ainda não conta com nenhum artista confirmado, mas Davis informou que está almejando oito estrelas “icônicas” para realizar o marcante evento de três horas de duração para 60 mil pessoas.

“Este show será uma oportunidade única na vida. Vai ser uma escalação incrível. A semana inteira será diferente de tudo que você já viu antes em Nova York”, disse de Blasio.

“Não consigo pensar em um lugar melhor do que o Grande Gramado do Central Park para ser o lugar onde você diz que Nova York está reabrindo. É um lugar absolutamente deslumbrante para o show”, completou o prefeito.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: