fbpx

Para não pegar mal, Conselho de Ética da Câmara instaura também o processo de Flordelis

Deputados reunidos no Conselho de Ética nesta terça/Pablo Valadares/Câmara dos Deputados


O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu incluir em sua pauta o caso da deputada federal Flordelis (PSDB/RJ) que foi acusada pelo Ministério Público de ser a mandante do assassinato do próprio marido.

O caso da parlamentar estava parado na Mesa da Câmara desde outubro do ano passado e voltou a repercutir quando o deputado Daniel Silveira (PSL) foi preso de forma ilegal em suposto flagrante após criticar em vídeo os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

O Conselho de Ética foi criticado nas redes sociais por ignorar o caso Flordelis e colocar como prioridade a conduta de Daniel Silveira.

Para não pegar mal, o Conselho colocou então na pauta o crime de Flordelis. A deputada nega que tenha sido mandante do assassinato do marido.

A reunião do Conselho de Ética que iniciaria a análise do processo contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) estava marcada para hoje (23/2) mas foi remarcada para quarta-feira (24).

Segundo a Câmara, a reunião do colegiado precisou ser encerrada por causa do início da Ordem do Dia no Plenário da Câmara.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Esposa, jornalista, tupãense e católica. 23 anos.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: