fbpx
Observador.pt

Partido Social-Democrata é o mais votado na Alemanha



 

O Partido Social-Democrata conseguiu mais cadeiras no Parlamento e deverá ser a força aglutinadora da política alemã na montagem do novo governo. O pleito do último domingo foi vencido pela sigla, que com 25,7% dos votos, segundo a contagem anunciada na madrugada dessa segunda-feira (27) pela Comissão Eleitoral Federal.

Os adversários, da Aliança Conservadora (CSU/CDU), obtiveram 24,1% do total de votos -o pior resultado da história, o Partido dos Verdes ficou 14,8%, seguidos pelo Partido Liberal FDP com 11,5%. Agora, a nova etapa consiste em os partidos mais votados realizarem a coligação majoritária, com ao menos três das agremiações vencedoras.

O comando da Alemanha pode demorar semanas ou até meses para ser definido até que os partidos formem consenso pelo nome do novo chanceler, momento em que Angela Merkel deverá deixar oficialmente o cargo. O mais forte para assumir a cadeira é o líder do Partido Social-Democrata, Olaf Scholz.

Os CDU/CSU largaram atrás, mas tentarão de tudo para estarem à frente do governo, que dependerá principalmente da formação de um governo em coligação com os Verdes e Liberais. Em 2017, as negociações pela formação do novo governo na Alemanha demoraram 200 dias para serem concluídas.

A bancada do Terça Livre no Radar da Mídia comentou a vitória. Para o analista político José Carlos Sepúlveda o resultado é uma derrota para Angela Merkel, pois mostra o desgaste da sua política.

“Essa Aliança Conservadora, que é a CDU, partido da Merkel e a CSU, partido Bávaro, são dois partidos democratas cristãos. A CSU foi um partido com tendência mais à direita do que a CDU, mas o governo da Merkel mostrou o que é essa Aliança Conservadora, o que é a postura desses democratas cristãos. Tivemos uma derrota grave, desgaste de toda a política da Merkel”, frisou.

 

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: