fbpx

Pazuello assina contrato para compra da CoronaVac

Erasmo Salomão/ Ministério da Saúde


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, assinou nesta quinta-feira (7) um contrato com o Instituto Butantan para a compra de 100 milhões de doses da CoronaVac.

Quarenta e seis milhões de doses serão entregues até o mês de abril e as demais 54 milhões no decorrer do ano de 2021.

Durante uma coletiva de imprensa em Brasília nesta tarde, Pazuello disse que “todas as vacinas que estão no Butantan, serão, a partir desse momento do contrato incorporadas ao Plano Nacional de Imunização”.

Segundo o ministro, a decisão assinada pelo presidente da República Jair Bolsonaro possibilita a “contratação de vacinas e de insumos destinados à vacinação, antes do registro sanitário ou da autorização temporária de uso emergencial pela Anvisa”.

Durante pronunciamento em rede nacional na noite de quarta-feira (6), Pazuello já havia anunciado que a CoronaVac faria parte do Plano de Vacinação federal e que o país tem 354 milhões de doses asseguradas (254 mi de Oxford, 100 mi da CoronaVac)

Além disso, acrescentou que está em fase de negociação com os laboratórios Gamaleya, da Rússia; Janssen, Pfizer e Moderna, dos Estados Unidos; e Barat Biotech, da Índia.

De acordo com o ministério da Saúde, o Brasil tem 2 milhões de doses da AstraZeneca, 100,4 milhões da Fiocruz/AstraZeneca (para o 1º semestre), 110 milhões da Fiocruz/AstraZeneca (2º semestre); 42,5 milhões da Covax Facility e 100 milhões do Butantan/Sinovac.

Leia também:

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: