fbpx

Pedro Hallal e Jurema Werneck prestam depoimento à CPI da Covid

Waldemir Barreto/Agência Senado


 

Os senadores que compõem a CPI da Pandemia ouviram nessa quinta-feira (24) Pedro Hallal e Jurema Werneck. Os dois fazem parte da pesquisa que indicou o suposto aumento de mortes por Covid entre indígenas e negros.

Pedro Hallal é formado em Educação Física, tem mestrado e doutorado em Epidemiologia. Até o começo da pandemia da Covid, estudava epidemias somente no âmbito da atividade física.

Jurema Werneck é médica de formação, mas atua como diretora-executiva da Anistia Internacional no Brasil. O CRM da médica está inativo.

O depoimento de ambos foi marcado por ataques ao governo federal e acusações contra o presidente Jair Bolsonaro.

“O ataque dele [Pedro Hallal], para ter algum sentido, ele teria que colocar a responsabilidade na conta de todo o Executivo – seja federal, municipal ou estadual. Vemos que a narrativa real acaba deixando a narrativa construída pela velha imprensa e pelos velhos políticos à mercê do ridículo”, afirmou a advogada Fabiana Barroso no Boletim da Noite dessa quinta-feira (24).

Veja a íntegra dos comentários:

Sobre o Colunista

Ezequiel Carneiro

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: