fbpx

Pequenos comércios quebram, mas Bigh Techs seguem em alta durante a pandemia



A pandemia do vírus chinês impulsionou os negócios de gigantes da tecnologia no primeiro trimestre de 2021, de acordo com relatórios apresentados nesta semana.

Enquanto pequenos comércios foram obrigados a fechar as portas, Google, Facebook, Twitter, Amazon e Apple viram seus rendimentos crescerem. As Big Techs são favoráveis à política do lockdown.

O Facebook divulgou que a receita da empresa no período chegou a US$ 26,17 bilhões. O número representa um salto de 48% em comparação com o mesmo período de 2020. A empresa atingiu lucro líquido de US$ 9,5 bilhões de janeiro a março deste ano — um aumento de 94% contra os resultados do mesmo período de 2020.

Em relação aos usuários ativos da rede social, o Facebook fechou o trimestre com  2,85 bilhões de pessoas cadastradas, uma alta de 10%.

Outra rede social que lucrou no primeiro trimestre foi o Twitter. A Big Tech conseguiu reverter um prejuízo de US$ 8 milhões registrado no primeiro trimestre de 2020 e teve lucro de US$ 68 milhões no mesmo período em 2021.

Entretanto, a empresa de Jack Dorsey registrou baixa adesão de novos usuários, um volume inferior ao esperado pelo mercado entre janeiro e março. O desempenho fez as ações caírem nas transações fora do horário de Wall Street.

A gigante Google registrou receita de US$ 55,3 bilhões, alta de 34% em relação ao mesmo período de 2020. O lucro foi de US$ 17,9 bilhões.

A multinacional Amazon obteve receita de US$ 108 bilhões, um aumento de 44% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a Apple lucrou US$ 23,63 bilhões, dobrando o lucro em relação ao mesmo período de 2020, registrando US$ 23,63 bilhões.

O “boom” nos rendimentos das Bigh Techs já era esperado enquanto pequenos empreendedores “quebrariam” em meio à pandemia. De acordo com o analista político Italo Lorenzon, as grandes empresas têm capacidade de se ajustarem rapidamente, ao contrário das pequenas empresas.

“O Carrefour, por exemplo, implantou seu serviço de entregas de forma muito rápida. O supermercado de bairro não consegue fazer isso tão rápido assim. Tem toda uma logística que precisa ser adaptada. Isso porque supermercados ficaram abertos. Imagine os outros negócios”, comentou.

Veja a íntegra do comentário

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: