fbpx
Reprodução BSM

Perfil de Bernardo Küster no Instagram é derrubado novamente e BSM é censurado no YouTube



 

O jornalista Bernardo Küster teve sua conta no Instagram derrubada nessa segunda-feira (23). A mesma coisa já havia ocorrido na última quinta-feira (19). Küster, que é um influenciador na plataforma digital, está na mira da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, junto a outros conservadores.

O jornal Brasil sem Medo (BSM), em que Küster é diretor, também foi censurado, só que no YouTube. Após publicar um vídeo sobre o Afeganistão, mostrando o caos gerado com a notícia do domínio do Talibã no país, o portal foi impedido de fazer publicações na rede social.

O mesmo vídeo foi publicado em contas de outros jornais da velha mídia dentro da plataforma, mas só o Brasil sem Medo foi banido e proibido temporariamente de subir novos conteúdos no local.

“O conteúdo é um vídeo de pouco mais de 2 minutos, publicado na segunda-feira (16), com imagens do caos instalado em Cabul, capital da Afeganistão, após a saída das tropas americanas do país e a tomada da capital pela milícia Talibã. A título de comparação histórica, inserimos algumas rápidas imagens da saída das tropas americanas de Saigon, no Vietnã, em 1975 ― quando ocorreu uma situação bastante parecida”, informou o BSM.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: