fbpx

PF: cinco grupos criminosos suspeitos de desviar recursos de merenda



Mais uma ação da Polícia Federal, nesta quarta-feira, 09, desarticulou cinco grupos criminosos que desviavam recursos da União. O dinheiro, conforme as investigações, era destinado para compra de merenda nos estados do Paraná, São Paulo, Bahia e Distrito Federal (DF).

Pelo menos 13 prefeitos e quatro ex-prefeitos são apontados como suspeitos. A operação foi batizada como Prato Feito.

Os contratos suspeitos somam mais de R$ 1,6 bilhão. Cinco núcleos empresariais são acusados e há empresários que já eram investigados pela “Máfia da Merenda”. A Polícia Federal acredita na existência de um cartel que fraudava licitações e superfaturava os contratos. Ao todo, foram cumpridos 154 mandados de busca e apreensão.

Na Justiça, é pedido o afastamento dos agentes públicos. A fraude foi detectada pelo Tribunal de Contas da União. Ao todo, a quadrilha contava com 85 pessoas, incluindo um vereador e 27 políticos que não haviam sido eleitos, além dos que estão ligados às empresas. Os nomes não foram divulgados.

Sobre o Colunista

Redação

1 Comentário

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: