fbpx
policia federal 2

PF mira doleiros em esquema de lavagem de dinheiro



A Polícia Federal deflagrou nessa sexta-feira (9/10) a “Operação Amphis”, que tem como alvos três doleiros do Recife suspeitos de auxiliar um grupo criminoso que abria contas com documentos falsos ou em nome de empresas-fantasma.

“São cumpridos 13 mandados judiciais, sequestro de bens e bloqueio de contas dos investigados e de empresas”, informou a PF.

Iniciadas em 2014, as investigações têm como alvos das medidas, atualmente, três doleiros de Recife/PE, pessoas que os auxiliavam nas atividades criminosas, além de indivíduos que se valeram de serviços ilícitos promovidos pelos mesmos.

Somente no Brasil o grupo movimentou mais de R$ 200 milhões nos últimos dez anos, através da abertura de contas bancárias com documentos falsos ou em nome de empresas “fantasmas”.

Ao longo dos últimos dez anos, a organização criminosa movimentou mais de R$ 200 milhões, segundo os investigadores.

“Quando se faz esse tipo de operação, onde um grupo de doleiros movimenta mais de R$ 200 milhões, o que está sendo feito é estrangular um dos mecanismos pelo qual o crime organizado lava o seu dinheiro, e lavar o dinheiro é imprescindível para o crime organizado”, comentou Italo Lorenzon no Boletim da Manhã.

Assista aos comentários da notícia:

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: