fbpx
José Cruz/Agência Brasil

PGR abre investigação preliminar contra Bolsonaro



 

Cumprindo ordem da ministra Cármen Lúcia, o procurador-geral da República (PGR) comunicou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abriu investigação preliminar contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Nessa segunda-feira (16), ela deu o prazo de 24 horas para que Augusto Aras se pronunciasse sobre a ação.

Parlamentares pediram que a Suprema Corte investigasse declarações do presidente sobre as urnas eletrônicas em uma de suas transmissões ao vivo realizada em julho deste ano.

Cármen Lúcia pediu que Aras se pronunciasse acerca de um inquérito respondendo se as declarações do presidente configurariam crime ou não.

Como já constava aberta uma investigação preliminar no âmbito da PGR desde a última quinta-feira (12), Augusto Aras argumentou recomendando pelo arquivamento desse caso no STF.

“A depender da robustez dos elementos obtidos por meio dessas diligências, cabe ao órgão ministerial, então, discernir em torno de oferecimento de denúncia, de dedução de pedido de instauração de inquérito ou ainda de arquivamento, comunicando-se, oportunamente, ao respectivo relator”, diz a petição.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: