fbpx

Polônia propõe projeto de lei para proteger a liberdade de expressão na Internet



Na última quarta-feira (13) o primeiro-ministro da Polônia Mateusz Morawiecki anunciou que o país apresentará leis para proteger a liberdade de expressão na internet.

O primeiro-ministro escreveu no Facebook que a internet, com o tempo, passou a ser dominada por corporações internacionais que tratam a atividade on-line das pessoas como uma fonte de receita e uma ferramenta para aumentar seu poder.

“Eles também introduziram seus próprios padrões de correção política e lutam contra aqueles que se opõem a eles”, acrescentou a autoridade.

“A discussão consiste na troca de opiniões, não no silenciamento das pessoas. Não temos que concordar com o que nossos oponentes escrevem, mas não podemos proibir ninguém de expressar opiniões que não violem a lei”, disse Morawiecki.

A Polônia vai adotar leis nacionais apropriadas para regular as operações do Facebook, Twitter, Instagram e outras plataformas semelhantes“, disse o primeiro-ministro.

“Tudo o que não é proibido é permitido. Também na internet não há tolerância para a censura, nem pode haver”, garantiu.

Os poloneses sofreram a censura do Estado em primeira mão por 45 anos de governo comunista, durante os quais lhes foi dito o que pensar e o que não podiam pensar, dizer ou escrever”, disse Morawiecki. “É por isso que estamos tão preocupados com qualquer tentativa de limitar a liberdade.”

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: