fbpx

Presidente da Alesc tem prisão domiciliar decretada

FOTO: Fábio Queiroz/Agência AL


O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia (PSD), teve prisão domiciliar decretada na manhã desta terça-feira (19) em Florianópolis, na segunda fase da Operação Alcatraz.

A operação da Polícia Federal investiga a atuação de uma organização criminosa que estaria incrustada no Governo do Estado de Santa Catarina por pelo menos dez anos (2008 a 2018), que seria comandada por ocupantes de cargos elevados em instituições públicas e detentores de forte influência política.

Garcia prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal e retornou para casa.  A Operação Alcatraz prendeu 20 pessoas e cumpriu 34 mandados de busca e apreensão.

A defesa do deputado diz que a prisão não se justifica. “Sob o ponto de vista da defesa, não se justifica a prisão em flagrante ou a preventiva do Deputado Júlio Garcia, não apenas por ausência de autoria, coautoria ou participação que lhe possa ser imputada, por inocorrência de qualquer perigo que decorra de sua liberdade, ou mesmo pela ausência dos demais pressupostos da prisão cautelar”, afirmou em nota.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Esposa, jornalista, tupãense e católica. 23 anos.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: