fbpx

Presidente de CPI da Covid sinaliza que vai continuar adiando convocação de prefeitos e governadores



Adiando mais uma vez a convocação de prefeitos e governadores na CPI da Covid, o senador Omar Aziz disse ontem (11) que a comissão está tomando “um rumo natural em suas investigações” e que aguarda o envio de mais documentos para que estados e prefeituras sejam mais focalizados.

O presidente da CPI afirmou que diversas secretarias estaduais, às quais já foram solicitados documentos sobre a aplicação de recursos federais repassados, têm pedido mais de cinco dias para enviar as informações.

“Demos cinco dias de prazo, e a maioria está pedindo um pouco mais, porque tem que detalhar todos os gastos. Não adianta o cara chegar aqui e dizer que recebeu R$ 400 milhões e gastou R$ 400 milhões, sem dizer em que. Quando os dados chegarem, vamos chamá-los”, disse, segundo a Agência do Senado.

Para o presidente da CPI, primeiro é preciso ouvir todos os ministros da Saúde desde o início da pandemia, processo que ele espera ser encerrado no dia 19, com a oitiva do ex-ministro Eduardo Pazuello.

Em seguida,  são necessárias oitivas com o Instituto Butantan e com a Fiocruz, além dos fabricantes das vacinas. Após esse processo e com a documentação que chega dos estados, o uso dos recursos repassados pelo Governo Federal para governos estaduais e prefeituras também será abordado pela CPI.

O assunto foi tema de comentários durante o Boletim da Manhã desta quarta-feira (12). Assista:

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: