fbpx
senado

Presidentes do Senado: 1985 a 2020



A corrida para presidência do Senado Federal começa a partir do dia primeiro de fevereiro. Vence aquele que, por votação entre os senadores, ganha mais votos. Desde a redemocratização a Casa já teve 19 presidentes.

Vamos lembrar os presidentes de 1985 a 2020.

Era Sarney

José Manuel Fontanillas Fragelli, membro do Partido Movimento Democrático Brasileiro (PMDB),  foi presidente do Senado em 1985. Fragelli foi governado de Mato Grosso na década de 70 e presidente no Congresso de 1985 a 1987.

 

 

 

 

 

Humberto Coutinho de Lucena (PMDB) foi leito presidente do Senado Federal em 1987 . No último mandato teve a candidatura cassada por abuso de poder político em ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral.

 

 

 

 

 

Nelson Carneiro (PMDB) foi jornalista e politico. Em 1954 tentou se reeleger como parlamentar, mas não conseguiu devido à firme oposição da Igreja Católica às teses encampadas por Carneiro. Foi eleito, em 1989, a presidente do Senado Federal.

 

Era Collor

Carlos Mauro Cabral Bemevides (PMDB), foi presidente do Senado em 1991 a 1993 no período em que ocorreu o processo de impeachment do ex-presidente Fernando Collor.

 

 

 

 

Humberto Lucena (PMDB) foi reeleito em 1993.

 

 

Era Itamar Franco

José Sarney de Araújo Costa (PMDB) foi vice-presidente de Tancredo Neves, mas assumindo a presidência do Brasil após a morte de Tancredo. Também convocou a Assembleia Nacional Constituinte de 1987, que redigiu a atual Constituição Federal. Foi presidente do Senado em 1995.

Era Cardoso

Antônio Carlos Magalhães pertencia ao Partido da Frente Liberal (PFL) e foi eleito em 1997 . Foi favor da aliança entre seu partido, PFL, e PSDB, que elegeu o senador Fernando Henrique Cardoso

 

 

 

 

 

 

Conseguiu sua reeleição em 1999.

 

 

 

 

Jader Fontenelle Barbalho (PSDB), um dos acionistas da TV Tapajós, afiliada à Rede Globo. Foi firme apoiado dos governos de José Sarney, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Lula. Alvo de várias denúncias de corrupção e malversação de recursos públicos, em 2001, renunciou ao cargo de presidente do Senado sob a denúncia de desvio de verbas públicas da SUDAM. Chegando a ser preso por alguns dias.

 

 

 

 

Ramez Tabet (PMDB) foi presidente do Senado em 2001. Em junho do mesmo ano foi nomeado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso como ministro da Integração Nacional, mas permaneceu no cargo por três meses.

Era Lula

Novamente, José Sarney de Araújo Costa (PMDB) conseguiu sua reeleição em 2003.

 

 

 

 

 

Renan Calheiros (PMDB) foi presidente do Senado em 2007, mas por decisão do ministro do STF, afastado por denúncias de desvio.

 

 

 

 

 

 

 

Tião Viana (PT) foi o presidente interino após a renúncia de Renan Calheiros em 2007.

 

 

 

 

 

 

 

José Sarney (PMDB) foi eleito como presidente do Senado após a renúncia de Renan Calheiros.

 

 

 

 

José Sarney de Araújo Costa (PMDB) se reelegeu pela terceira em 2011.

 

Era Dilma

Renan Calheiros (PMDB) se reelegeu pela segunda vez em 2013.

Era Temer

Renan Calheiros (PMDB) pela terceira vez ele de novo em 2015.

Eunício Oliveira (PMDB) ganhou a eleição da presidência do Senado em 2017.

 

 

 

 

 

 

Era Bolsonaro

Davi Alcolumbre 5

E o atual presidente, Davi Acolumbre (DEM).

Sobre o Colunista

Maria Cecília Araujo Lemos

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: