fbpx

Pressionado, Doria zera ICMS do leite e reduz imposto da carne



Pressionado pelos milhares de paulistas que foram às ruas contra as medidas autoritárias impostas em todo o estado, o governador João Doria (PSDB) anunciou hoje (17) que vai diminuir impostos do leite e da carne a partir de abril.

O leite pasteurizado voltará a ter isenção de ICMS na venda para o comprador. A alíquota de 4,14%, que havia sido estabelecida em janeiro deste ano deixará de ser cobrada.

Segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), o aumento de tributação imposto pelo governo impactou em 8,4% no preço final do leite ao consumidor.

No caso da carne, os estabelecimentos enquadrados no Simples Nacional, em sua maioria açougues de bairro, voltam a pagar 7% de ICMS na compra de carne para revenda.

Desde janeiro a alíquota estava em 13,3%. Após o aumento do ICMS, o preço da carne ao consumidor teve um impacto de 8,9%, também conforme os dados da FIESP.

Além da redução de impostos, o governo de São Paulo autorizou a liberação de mais R$ 100 milhões para os setores mais afetados pela pandemia em novas linhas de crédito do Desenvolve SP e do Banco do Povo.

Segundo o site oficial do Executivo, micro e pequenas empresas dos segmentos dos setores mais afetados terão uma linha especial de financiamento via Desenvolve SP, no valor de R$ 50 milhões, com prazo de pagamento de 60 meses, oito meses de carência e taxa de juros de 1% ao mês mais Selic, além da dispensa de Certidão Negativa de Débitos.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: