fbpx

Professores de universidade federal são advertidos por ‘manifestação desrespeitosa’ a Bolsonaro



A Corregedoria Geral da União, na última terça-feira (2), advertiu dois professores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Na ação, a Corregedoria aponta que ambos teriam cometido uma “manifestação desrespeitosa” ao presidente Jair Bolsonaro.

A decisão de advertência dos professores Pedro Rodrigues Curi Hallal e Eraldo dos Santos Pinheiro já foi publicada no Diário Oficial da União.

Proferir manifestação desrespeitosa e de desapreço direcionada ao Presidente da República, quando se pronunciava como Reitor da Universidade Federal de Pelotas – UFPel, durante transmissão ao vivo de Live nos canais oficiais do Youtube e do Facebook da Instituição, no dia 07/01/2021, que se configura como ‘local de trabalho’ por ser um meio digital de comunicação online disponibilizado pela Universidade (art. 117, V, da Lei nº 8.112/1990)”, declarou a Corregedoria.

Durante uma vídeo-chamada em 7 de janeiro, alguns professores debatiam sobre a nomeação do novo reitor da universidade. Na ocasião, Pedro Hallal defendeu que o “reitor eleito seja o reitor nomeado”.

Um dia antes dessa reunião, o presidente Bolsonaro havia nomeado Isabela Fernandes Andrade, mesmo não sendo a mais votada pelos professores, para assumir o cargo de reitora da instituição de ensino.

Infelizmente, assim como aconteceu em mais de 20 universidades desse Brasil durante o desgoverno Bolsonaro, mais de 20 vezes a escolha das comunidades não foi respeitada”, disse Hallal.

Quem tentou dar um golpe na nossa comunidade foi o presidente da República”, acrescentou Hallal, chamando ainda Bolsonaro de “defensor de torturador” e o “único chefe de Estado do mundo que defende a não vacinação da população”.

Outro professor, Eraldo Pinheiro, chegou a declarar que o “golpe” foi dado por um grupo que está “devastando” o Brasil.

Grupo liderado por um sujeito machista, racista, homofóbico, genocida, que exalta torturadores e milicianos”, disse Pinheiro, acusando ainda Bolsonaro de destruir as estruturas “já precárias” das instituições de ensino.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: