fbpx

Quando o CEO do Twitter será preso por perjúrio?

ceo, twitter, Dorsey, perjúrio, congresso, nature news, Trump, censura, política


Segundo denúncia exclusiva do Projeto Veritas, da última quinta-feira (14/01), uma fonte do Twitter registrou o CEO da rede, Jack Dorsey, admitindo recentemente que houve censura no caso do presidente Donald Trump, contrariando seu depoimento ao Congresso, onde disse que não havia controle de conteúdo em sua rede. O que configura, comprovadamente, perjúrio.

De acordo com a fonte, embora o Twitter esteja focado na conta de Trump, a inquisição vai se estender de formas inimagináveis.
“Isso vai ser muito maior do que apenas uma conta e vai durar muito mais do que apenas este dia, esta semana e as próximas semanas, e vai além da inauguração.”

Dorsey já havia cometido o crime de flagrante perjúrio quando em outro momento de seu testemunho afirmou: “Qualquer um pode tuitar esses artigos”, argumentou Dorsey, sob juramento, ao Congresso quanto ao caso do “Huntergate”, falando sobre a matéria do New York Post que expôs a perversão do filho de Joe Biden que se aproveitou da influência do seu pai como ex-vice-presidente e conspirou com a China.

Em resposta, o senador Ted Cruz alegou ter sido censurado ao não poder compartilhar a história em sua conta no Twitter, mesmo depois das declarações do CEO.

“18 USC 1621 torna crime mentir sob juramento ao Senado”, tuitou Cruz em 28/10/2020, instando o público e seus colegas a buscarem justiça na questão.

Não há o menor sinal de que Dorsey será penalizado por seu perjúrio, mas há evidências de que continuará sua implacável missão de calar opiniões divergentes das suas.

 

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: