fbpx

Reatores nucleares na Coreia do Norte foram reativados

KCNA/Sptunik/Agência Brasil


 

A Coreia do Norte pode ter reiniciado seu maior reator nuclear após dois anos de inatividade. A conclusão é da Agência Nuclear Internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) em relatório publicado na última semana onde classificou a atividade como “profundamente preocupante”.

O país asiático havia retrocedido com seu programa nuclear após medidas diplomáticas de negociação tomadas durante o governo Donald Trump diretamente com Kin Jong Un. A ONU apontou especificamente que o tipo de reator ativo na Coreia do Norte é um Yongbyon com 5 megawatts de capacidade classificado como “profundamente perturbador”.

A agência disse que qualquer continuação do programa nuclear do Norte foi “uma clara violação das resoluções relevantes do Conselho de Segurança da ONU e é profundamente lamentável”, informou o portal CBS News.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: