fbpx

Reino Unido vive ‘Dia da Liberdade’ com suspensão das medidas contra Covid



 

O governo do Reino Unido suspendeu no último domingo (18) as medidas de restrição contra a Covid-19. O dia foi apelidado pelos britânicos de “Freedom Day”, Dia da Liberdade em português.

Com a liberdade da população britânica restaurada, o uso de máscaras deixará de ser obrigatório e não haverá mais limite para o número de pessoas em ambientes internos ou externos. Somente pessoas com teste positivo para o vírus chinês terão que praticar o distanciamento social.

A medida deveria ter sido adotada há quatro semanas, mas o governo britânico decretou adiamentos com o objetivo de ampliar o público vacinado. Atualmente, mais de dois terços dos adultos britânicos estão completamente vacinados.

O analista político Italo Lorenzon, durante o Boletim da Manhã de terça-feira (20), criticou a narrativa ideológica por trás da solução para combater o vírus chinês.

“A narrativa oficial não diz que a vacina não impede de pegar a Covid, mas, você pegando, ela evita que você desenvolva o caso grave. Vamos tomar isso como fato. Então, é muito simples, a vacina não evita contágio, mas, sim, o agravamento dos casos. Sendo assim, casos em disparada e morte sob controle é o ‘novo normal’ que tanto nos falaram”, destacou Lorenzon.

Assista aos comentários da notícia

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: