fbpx

Se Moro for considerado suspeito, processos de Lula voltam à fase de denúncia



O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, disse que se Moro for considerado suspeito, os processos de Lula voltam à fase de denúncia.

A declaração foi dada em entrevista à BBC News Brasil quando perguntado sobre o processe de suspeição de Moro, em análise na 2ª Turma da corte.

Para Gilmar, Gilmar, é Luiz Antônio Bonat, juiz que substituiu Moro na 13ª Vara de Curitiba, que terá que decidir sobre o recebimento da denúncia, conduzir a instrução do processo e julgar os casos, caso os atos do ex-juiz sejam considerados nulos.

“Eu tenho impressão que, pelo menos tal como está formulado (o recurso), se for anulada a sentença, nós voltamos até a denúncia. Portanto, todos os atos por ele (Moro) praticados no processo, inclusive o recebimento da denúncia, estão afetados pela nulidade. Será esse o veredicto”, explicou.

O ministro prevê ainda que serão necessárias ao menos duas sessões de julgamento na 2ª Turma para concluir a análise do recurso, já que deve haver uma discussão sobre se as mensagens reveladas pelo site The Intercept Brasil podem ser usadas em benefício de Lula mesmo constituindo prova ilícita.

“Já há uma carga enorme de dados a indicar elementos para uma discussão. Isso documentado, trazido pela defesa do Lula. Agora isso está sendo acrescido por esses elementos, a forma que (autoridades da “lava jato) conduziam os processos. Isso vai ter que ser de fato discutido. E é isto que estamos julgando, se de fato se trata de um juiz suspeito e, por isso, sua decisão não teria validade”, afirmou.

Com informações do CONJUR

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

14 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Concordo com o Dr. Modesto carvalhosa: ” há um consorcio entre o stf e o congresso para legalizar a corrupção, e perseguir os agentes públicos que combatem a criminalidade.”

  • Não sei dizer se Lula é inocente. Mas é inegável que ele não teve um julgamento justo, haja vista ser incontroverso que o juiz (que coincidentemente se tornou ministro) não teve nada de imparcial no julgamento do processo, tendo, comprovadamente, auxiliado a acusação.

    É algo um tanto óbvio que, nesse caso, Moro deve ser reconhecido como suspeito, seus atos serão nulos de pleno direito.

    É algo simples para qualquer um que conheça, ao menos, um pouco de direito.

    Mas desejar que os leitores deste site – pessoas que acreditam em marxismo cultural e apoiam o “mito” por viver em paranoia de supostas ameaças comunistas – entendam um raciocínio lógico, aí já é querer demais…

  • Concordo plenamente com o leitor Jaime. A questão não é se Lula é inocente ou não. O objeto de análise é a imparcialidade ou não do juiz que julgou o processo. Realmente, pedir racionalidade a quem acredita em mitos vai muito além do que se pode considerar razoável

  • Discordo do que disse o Jaime, se entendesse realmente um pouco de Direito saiba que provas ilícitas não são aceitas de pleno ainda mais provas passíveis de completa e quaisquer decisão.

    Dizer que não foi justo um criminoso que passou por todas as instâncias é piada.

    Injusto é aquele que é falso acuso e não tem dinheiro qualquer para que a matéria do suposto crime seja revista, isso sim é injusto, diferente do Larápio que paga os advogados com dinheiro de corrupção, verdadeira máfia de lavagem de dinheiro.

  • Em sendo assim, Mendes, deverá se declarar (ou ser declarado) impedido de julgar tal mérito.
    Quando ele telefonou para um preso (lula) que NÃO poderia receber ligações quando do enterro do neto Arthur.
    Preso não atende e ministro não liga para preso.

  • Só pode ser piada, né?! Esse STF deve ter feito treinamento com o capeta, só pode…
    JAIME E KENY: CALEM A BOCA, SEUS COMUNISTAS ALIENADOS MALDITOS!!!

  • E esse aí é um dos “pacientes” ideais para a reinauguração dos órgãos de utilidade pública DOPS e DOI-CODI.

  • Com a CPI do BNDS muito defensor de vagabundo o pessoal do elenão vai sentir uma agonia desespero, sendo desmascarados novamente assim como na lavajato

  • Este tal de Jaime deve ser professor de raciocínio lógico, tal qual alguns que defendem o Lula livre, ou seja, por isto que a educação no Brasil está tão caótica!
    Jaime, assuma seu posicionamento a favor do criminoso de 9 dedos e pare com seus sofismas.

  • Não dá para acreditar que um ministro do STF disse uma bobagem destas .
    Sigam o raciocínio , que ele não é tão complexo e rebuscado.
    O Moro condenou . Ele fez um documento explicando em detalhes o porque da condenação e dando peso a cada prova apresentada , que não precisa ser material. Dois depoentes que não se conhecem , se falam a mesma coisa , só pode ser verdade . Duas testemunhas que não tinham ligação entre si , se falaram a mesma coisa a respeito do Lula , ela só pode ser verdade .
    Esta achando tudo muito mole ainda ?
    É por isto que o trabalho do Moro foi revisado em Porto Alegre por juízes e desembargadores . Se havia algo de emocional ou dirigido , ficaria retido neste filtro. Mas não parou por aí . O negócio foi até o STJ , o que já seria a 3a. instancia , que confirmou tudo o que o Moro fez .
    Preste atenção que já desde o tempo do Lula , ninguém discute uma prova , do tipo , a testemunha disse que o Lula visitou o apartamento na 4a.feira , mas naquele dia ele estava em Recife , numa reunião do PT . Este tipo de contestação não foi feita nunca , mas sempre atacaram a pessoa do Moro , e o Gilmar Mendes continua nesta linha , provando que ele faz parte do time de defesa do Lula.
    Querem impugnar o julgamento todo por causa do Moro ?E os outros 21 juízes que assinaram embaixo a sentença que o Moro fez ? São solenemente ignorados apostando na nossa ignorância ?
    O STF , especificamente na figura do Gilmar Mendes, está gerando insegurança jurídica no Brasil.
    Eu sou um gringo com bilhões de dólares e quero fazer uma fabrica de celulares no Brasil. É claro que não quero enfiar meu dinheiro num muquifo porco aonde a lei não vale nada , mas como gringo eu vou pensando : na minha vida de trabalho diário, eu vou ter embates na justiça . Estando certo e tendo bons advogados , ganho em 3 instancias , mas meu adversário apela para o STF , que ignora o que foi feito nas instancias inferiores e muda tudo . Dá para aplicar um dinheiro num país assim , aonde o passado pode ser remexido e mudar tudo , apesar de eu ter a razão ?
    Deu apara entender que o Gilmar Mendes é nefasto, por que para resolver uma briga politica , ele está rifando o futuro do Brasil diante de estrangeiros que sabem ler as coisas muito bem ?

  • Este é um efeito possível das várias ilegalidades cometidas pela dupla Moro&Dallagnol, em sua fixação para destruir a classe política que, eventualmente, possibilitou que esta aberração política, extraído do baixíssimo clero da Câmara, pudesse ser eleito… Moro não poderia nem mesmo ser o “juiz natural” do caso, em evidente conluio com a parte acusadora, tramou atos e principalmente, vazamentos (até mesmo internacionais) para alcançar seus objetivos…tentar ser o próximo presidente (esta já caiu de podre) ou obter uma vaga no STF (imaginem o estrago que uma pessoa com este histórico poderia fazer por lá, poderia ser ainda pior que o trio Barroso, Fux & Fachin – com Carmen Lúcia na iluminação), tenho esperança que esta pretensão também tenha ultrapassado o prazo de validade… a chapa vai esquentar para este ex-juiz.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: