fbpx

Seguindo a linha de Trump, governo Biden pode reiniciar a construção do muro de fronteira

uigures, PCC, china, estados unidos, Trump, Biden, Mike Pompeo


O secretário do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos, Alejandro Mayorkas, informou aos funcionários do departamento que a construção do muro da fronteira EUA-México poderá ser reiniciada. Segundo a informação divulgada pelo Washington Times na última segunda-feira (5), Mayorkas quer preencher o que ele chamou de “brechas” no muro atual.

Alejandro Mayorkas disse ainda que, embora o presidente Biden tenha cancelado a construção na fronteira e impedido o fluxo de dinheiro do Pentágono para o muro, poderá tomar algumas decisões para reverter a decisão.

“O presidente comunicou com bastante clareza sua decisão de que a emergência que desencadeou fundos para a construção do muro de fronteira terminou. Mas isso deixa espaço para tomar decisões como a administração, como parte da administração, em áreas específicas do muro que precisam de renovação, projetos específicos que precisam ser concluídos”, apontou o secretário.

Mayorkas informou que essas partes incluem “lacunas”, “portões” e áreas “onde a parede foi concluída, mas a tecnologia não foi implementada”.

Durante sua primeira semana no cargo, Biden emitiu uma ordem executiva interrompendo a construção do muro, alegando ser um desperdício de gastos.

“Como toda nação, os Estados Unidos têm o direito e o dever de proteger suas fronteiras e proteger seu povo contra ameaças. Mas construir um muro maciço que atravesse toda a fronteira sul não é uma solução política séria”, disse Biden. “É um desperdício de dinheiro que desvia a atenção das ameaças genuínas à segurança de nossa pátria.”

A construção do muro foi uma das promessas do ex-presidente Donald Trump durante sua campanha de 2016. Uma das últimas viagens que Trump fez como presidente foi quando ele visitou a fronteira no Texas, em meados de janeiro.

Diversas autoridades, como o Centro de Estudos de Imigração, alertam continuamente sobre a atual crise na fronteira americana. Biden, que revogou as principais ordens e regras da era Trump, faz poucos comentários sobre o aumento de imigrantes ilegais na fronteira sul dos EUA, que deve aumentar ainda mais nos próximos meses.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: