fbpx

Semana começa instável na economia



 

O relatório Focus publicado nesta segunda-feira (9) aponta que o mercado espera uma inflação acima da meta, fechando o ano a 6,88% e projeta uma taxa Selic de 7,25% ao ano. Com relação ao PIB as expectativas se estabilizaram em um crescimento de 5,30% para 2021.

As realidades econômicas têm sido bastante impactadas pelas instabilidades políticas que se originam, inclusive, nas de ordem jurídicas.
Informações desencontradas sobre um eventual “furo no teto de gastos” em função dos novos valores propostos para o Bolsa Família podem gerar mais apreensão do mercado em relação à política fiscal.

Nesse cenário, a bolsa de valores fica em oscilação constante e pode tender para uma queda e o dólar fica pressionado em sentido inverso.
A análise da PEC dos precatórios e da Medida Provisória que visa o aumento do Bolsa Família serão as principais, mas não únicas tensões desta semana.

Sobre o Colunista

Carlos Dias

Analista político. Especialista em Política e Estratégia pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra. Escritor, Jornalista e Filósofo independente. Membro Honorário da Academia Brasileira de Filosofia. Membro do Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos - CEBRES.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: