fbpx

Senador Flávio Bolsonaro rebateu ameaça de prisão de Renan Calheiros a Wajngarten

Marcos Oliveira/Agencia Senado


O senador Flávio Bolsonaro visitou a sessão dessa quarta-feira da CPI da Pandemia no Senado Federal, depois que o relator da Comissão atacou o ex-secretário de comunicação, Fábio Wajngarten.

“O cumulo do absurdo vermos uma pessoa honesta falando a verdade aqui, e pessoas tentando tirar uma entrevista com o parâmetro do que é verdade ou não. Sério? Há claramente senadores que querem usar isso aqui de palanque”, disse Flávio.

“Imagina a situação, um cidadão honesto ser preso por um vagabundo como o Renan Calheiros. Olha a desmoralização, estão perdendo a visão do todo”,  completou o senador.

O senador ainda declarou que Wajngarten deveria receber o mesmo tratamento dado ao ex-ministro da Saúde e atual opositor do Governo Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, primeiro depoente da CPI.

Leia também: Senador afirma que Renan Calheiros tentou ‘induzir respostas’ de Queiroga na CPI da Covid.

O assunto foi pauta do Boletim da Noite desta quarta-feira (12).

“Que a frase do Flávio Bolsonaro vire bordão (…) Está de parabéns pela frase. A realidade é a seguinte: goste você ou não do senador, Flávio Bolsonaro, ele falou algo que estava entalado na garganta de muita gente. Eu repetirei quantas vezes for necessário, enquanto essa CPI estiver acontecendo, eu repetirei. O senhor Renan Calheiros é suspeito por dois motivos: primeiro, por ser Renan Calheiros; segundo, por ser pai de Renan Calheiros filho, um dos governadores que deveriam ser investigados”, analisou o jornalista Italo Lorenzon.

O analista ainda relembrou o plano de trabalho escolhido exclusivamente pelo senador Renan Calheiros, que minimizou a investigação a governadores e prefeitos por desvios de recursos federais durante a pandemia da Covid-19.

“Não existe um fato determinado para ser investigado, existe uma coisa etérea: “vamos investigar omissão”, mas qual é a definição de omissão? Qual é o dever que em tese não foi cumprido? Podem observar no requerimento de abertura da CPI, que não existe”, pontuou Lorenzon.

Nesta quinta-feira (13) a hashtag “RenanVagabundo” esteve em primeiro lugar nos Trends Topics do Twitter, revelando o apoio da população brasileira às declarações de Flávio Bolsonaro contra Renan Calheiros.

ASSISTA AOS COMENTÁRIOS COMPLETOS NO BOLETIM DA NOITE DESSA QUARTA-FEIRA (12):

LEIA TAMBÉM:
Investigado por corrupção, senador Renan Calheiros será o relator da CPI da Covid.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: