fbpx

Senador pede investigação da PF sobre estudo que usou superdosagem de cloroquina em Manaus

Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)/ Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado


O senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) pediu nesta segunda-feira (17) investigação à Polícia Federal sobre o estudo feito em Manaus que utilizou superdosagem de hidroxicloroquina. Vinte e duas pessoas com quadro avançado de Covid-19 morreram após se submeterem ao estudo. Relembre o estudo.

Heinze pediu esclarecimentos sobre o estudo ser limitado a pacientes hospitalizados e gravemente doentes, sendo que a expectativa era de que o medicamento servisse no “tratamento precoce”.

O senador também questionou os critérios para escolha dos pesquisadores e quer respostas sobre as supostas conexões entre pesquisadores e grandes laboratórios, e se os benefícios econômicos estão relacionados à produção de vacinas, ou de políticos.

“Quais os possíveis contatos e liames entre eventuais pesquisadores e os grandes laboratórios, com interesses econômicos ligados à produção de vacinas, ou de políticos, com propósitos de desestabilização de um governo?”, questionou.

O assunto foi comentado no Boletim da Manhã desta terça-feira (18)

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: